Guia para Pais

GUIA PARA PAIS

TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS

Guia para Pais

As resposta às dúvidas mais frequentes.

Veja também as Notícias no nosso Blog:

Idade para vir para o Campo da Roda Viva?
Os Campos de Férias estão adaptados a crianças e jovens dos 7 aos 18 anos, sendo que os participantes são geralmente divididos em 3 grupos etários: Rodinhas – Dos 7 aos 9 anos* Vivacinhos – Dos 10 aos 13 anos Vivaços – Dos 14 aos 18 anos *Excepcionalmente poderemos aceitar crianças com 6 anos.
Onde fica o campo de férias da Roda Viva?
Na Praia Grande, perto de Colares, no concelho de Sintra, a 45 minutos de Lisboa. O campo de férias tem espaços amplos, muito alegres e acolhedores. Inclui camaratas, balneários, refeitório, salão multiusos, sala de formação, campo de futebol, piscina, entre outros, para além de um enorme espaço exterior.
Qual a duração do campo de férias da Roda Viva?
A duração mínima do campo de férias é de uma semana, normalmente de sábado a sábado.
Que tipo de acompanhamento existe no Campo de Férias?
Consoante a faixa etária, cada monitor é responsável por entre 6 a 10 participantes. Cada grupo etário é supervisionado por um coordenador e existe sempre um diretor ou coordenador geral em campo.
Quem são os monitores?
São jovens, na sua maioria estudantes universitários, responsáveis, divertidos e empenhados em proporcionar aos participantes momentos inesquecíveis. A Roda Viva fornece aos monitores toda a formação que assegura a qualidade, segurança e sucesso das suas atividades.
Quais as principais actividades do campo de férias
Atividades desportivas, jogos de equipa, jogos de orientação, actividades radicais, dias de praia, aulas de surf, jogos nocturnos, entre muitos. Também incentivamos a realização das tarefas do dia a dia do campo de férias, com o intuito de fortalecer amizades duradouras e cultivar a entreajuda.
Quem são os participantes do campo de férias
Os campos de férias Roda Viva estão abertos a crianças e jovens de todo o País, mas também do estrangeiro. Alguns a nível particular ainda que a maioria provenha de empresas com quem a Roda Viva estabeleceu protocolo. A Roda Viva, preocupada com a inclusão de crianças portadoras de algum grau de deficiência, recebe uma a duas dessas crianças, sensibilizando os participantes para a aceitação das diferenças e tornando a experiência muito mais enriquecedora para todos.
Quais as condições de dormida?
No campo de férias da Roda Viva existem camaratas de 2 a 8 beliches e balneários divididos por idade e género. Os monitores dormem num quarto próprio, próximo dos quartos dos participantes.
O que é preciso levar para o campo de férias da Roda Viva?
A boa disposição deve vir acompanhada de: Roupa confortável, vestuário e calçado de desporto para atividades ao ar livre Roupa quente para as atividades da noite Saco de cama, lençol de baixo e fronha de almofada Toalha de banho e de praia Fato de banho Chinelos Chapéu ou boné Protetor solar Repelente de mosquitos Lanterna Produtos de higiene pessoal (champô, gel de banho, escova e pasta de dentes, entre outros). A Roda Viva não se responsabiliza por quaisquer danos, estragos ou roubos não entregues à sua guarda, pelo que recomenda que os participantes não tragam objetos de valor, como aparelhos eletrônicos (consolas, tablets ou semelhantes) e roupas de marcas caras.
O campo de férias da Roda Viva tem seguro?
A Roda Viva tem um contrato de seguro de acidentes pessoais de grupo.
Como funciona a alimentação no campo de férias?
Todas as refeições estão incluídas no campo de férias, como sendo, o pequeno almoço, almoço, lanche e jantar, para além disso, quando as atividades assim o justificam, é distribuído um pequeno lanche a meio da manhã e ceia antes de deitar. Nos dias de chegada incluímos jantar, assim como incluímos pequeno-almoço nos dias de partida. A ementa é cuidadosamente elaborada, com a seleção de alimentos de qualidade e que correspondam às exigências de uma alimentação saudável e equilibrada, privilegiando o comércio local e os produtos nacionais. A fim de assegurar toda a segurança dos alimentos, a Roda Viva segue todas as regras e exigências solicitadas pela empresa HACCP.
E para crianças com intolerâncias alimentares?
A Roda Viva adquiriu know how na área das intolerâncias alimentares, particularmente doença celíaca, intolerância à lactose e diabéticos. Caso algum dos participantes possua algum tipo de restrição alimentar, indique-nos na altura da inscrição.
Que precauções tem a Roda Viva com a segurança?
A segurança de todos é a nossa prioridade! Os nossos monitores, coordenadores e direção têm formação em segurança e são responsáveis pela segurança dos participantes durante toda a sua estadia no campo de férias. Importa também referir que as nossas instalações cumprem todos os requisitos obrigatórios por lei. A Roda Viva tem alvará de Campos de Férias, n.º 133/04 e 735/10 emitido pelo IPDJ (Instituto Português Desporto e Juventude).
Quais os cuidados médicos durante o campo de férias?
A formação dos monitores e coordenadores inclui o curso obrigatório em Primeiros Socorros, capaz de responder a situações de caráter ligeiro. Só recorreremos à toma de medicamentos não sujeitos a receita médica caso seja consentido pelos responsáveis dos encarregados de educação na ficha de inscrição. A pedido dos encarregados de educação, ficaremos responsáveis pela administração dos medicamentos trazidos pelos mesmos. A informação relativa à toma dos medicamentos (com horário e dosagem) terá obrigatoriamente de constar na ficha de inscrição e entregue pessoalmente ao coordenador no primeiro dia de campo. Esta informação é confidencial e a toma será efetuada de forma discreta. Para situações que possam requerer acompanhamento médico, existe o centro de saúde a 4 km do Campo de Férias (USF Colares) e o Hospital de Cascais a 17 quilómetros. Nesse caso, os encarregados de educação serão informados no momento.
Como se pode contactar os participantes durante o campo?
Para que os participantes usufruam em pleno dos campos de férias Roda Viva, os telemóveis dos participantes são guardados pelos monitores. Normalmente entre as 19:00 e as 20:00, os telemóveis são entregues aos participantes para que os mesmos comuniquem com a família e amigos. Existe um número disponibilizado no início do campo de férias para todos os que não tragam telemóvel. É também disponibilizado o número de telemóvel da direção aos encarregados de educação para qualquer situação urgente durante a permanência dos participantes em campo, pelo que não serve para falar com os mesmos.
Como funcionam as visitas ao campo?
Itinerary Content
O que inclui o preço dos campos de férias?
O pagamento inclui alojamento, alimentação, acompanhamento permanente, atividades, transporte para as atividades, seguro e IVA às taxas legais em vigor. O preço não inclui transporte de ida e volta para o campo de férias, que deve ser garantido pelos responsáveis. Content
Oferecem algum desconto?
Oferecemos 10% de desconto a partir do 2º filho e a Parceiros. O campo de férias dos Vivaços, dadas as suas características, tem um preço único, tanto para particulares como para parceiros.
Como se procede à inscriação para o campo de férias da Roda Viva?
A inscrição deverá ser efetuada através do formulário próprio, que pode ser solicitado a) por e-mail ola@roda-viva.pt ou b)da página do campo de férias.
Quais as condições de pagamento?
40% aquando da inscrição e 60% restante uma semana antes do início do turno; Os pagamentos devem ser feitos para o IBAN PT50004551444033422468784 com envio de comprovativo para ola@roda-viva.pt, indicando o nome do participante na descrição. A Roda Viva está disponível para facilitar o pagamento em 3 parcelas, a combinar posteriormente.
Como funciona em caso de desistência?
Para desistências comunicadas até 30 dias antes do início do turno, será devolvido a totalidade do valor pago. Para desistências comunicadas entre 30 a 15 dias antes do início do turno será devolvido 50% do valor pago; Desistências comunicadas a menos de 15 dias antes do início do turno não haverá lugar a reembolso.
Que medidas vai a Roda Viva implementar devido à Covid-19?
Sendo a segurança a principal prioridade da Roda Viva, serão implementadas todas as medidas de higiene e segurança que forem recomendadas pela DGS, nomeadamente: No primeiro dia de campo serão realizados teste à Covid-19 com carácter obrigatório a todos os participantes, monitores e coordenadores; Será proibida a entrada dos encarregados de educação nas instalações, excepto àqueles que realizarem um teste à Covid-19 à entrada de campo; Serão agendadas as horas de recepção e saída dos participantes Em caso de teste positivo à Covid-19 será recusada a entrada nas instalações e devolução do valor pago aquando a inscrição.
E no campo de férias da Roda Viva?
Reduzimos a capacidade das camaratas; Marcámos os corredores de circulação internos e externos; Colocamos tabuleiros de higienização de calçado; Disponibilizamos gel desinfetante em todos os locais de passagem; Não é permitida a visita de pessoas externas ao grupo durante o campo de férias; Funcionários e fornecedores utilizarão obrigatoriamente máscara e não terão contato direto com os participantes; Arejamos diariamente as instalações, sendo a desinfeção reforçada na mudança de turno e em pontos de maior contacto como torneiras e maçanetas; Adaptámos a enfermaria a sala de isolamento em caso de alguma suspeita;
Para este ano como serão as atividades?
Não serão realizadas atividades em espaços de terceiros, à excepção de praias e parques; Não serão realizadas atividades em que seja necessário o aluguer de autocarros; A Roda Viva reserva-se ao direito de alterar qualquer uma destas medidas em caso de recomendação pela DGS, assim como acrescentar as que considere necessárias para proteção de todos.